Da incessante chuva que caia acompanhada de saudade
Junto com a minha eterna vontade
De lhe ter aqui
De pertencer ali
De conquistar a ti
Me vi
Numa encruzilhada de sentimentos
Pensei logo ser de momento
Guardei meus pensamentos
E parti para meu julgamento



Seria eu louca de amores?
De bocas, senti muitos sabores
Mas apenas uma me deixa à pensar
Isso era o que eu dizia
Quando mesmo deveria
Era dizer que era perdição
Amar sem rumo ou condição
Fazendo me quebrar minhas regras
E pular de minha zona de conforto tu esquecerá
Mas tudo bem, me esqueci também
Tu me fez tão bem.




Estou te escrevendo de um futuro distante sobre um passado comum.

Estou te escrevendo para que possa se lembrar a garota que fui para você desde aquele ano que se passou.

Estou te escrevendo para reconstruir a imagem do garoto que você era e que hoje é um homem, pelo menos espero que sim, como está sua família? sinto falta de quando conversávamos sobre isso, mas e sobre você, o que está fazendo? soube que passou na faculdade, fico feliz por você, estávamos sempre sonhando com o que podíamos ser e de passo a passo tornamos realidade o que mais desejamos, mas você está tão longe daqui, você está feliz? espero que sim, eu estou bem, tive muitas experiencias durante essa longa jornada, a faculdade que cursei era incrível iria se orgulhar de mim.

Você me abriu portas para conhecer coisas novas, amei coisas novas, inclusive você, não sei amar seria a palavra correta a se usar, muito forte não? tive uma paixão aguda por você! bem melhor, estou aqui este momento lhe escrevendo na frente de uma cafeteria no centro da cidade, amo café se lembra disso não? achava divertido nossas fugas para uma cafeteria ao final da tarde para tomar um simples café, você odiava café, mas ia, porque sabia que eu gostava, você sempre ia.




"eu não quero um amor,quero ser rica, ter três carro, e morar em paris" pois eu quero mesmo é um amor! sim um amor, quero ter alguém pra compartilhar momentos, histórias. E se por um acaso ainda não tenha encontrado este alguém, tudo bem, não faz mal, enquanto não acha-lo irei me divertir por nós dois, quem disse q pra ser feliz precisa-se obtiver pessoas ou coisas materiais? não é mais gratificante dizer que vivi algo do que dizer que tenho algo? não se sente mais feliz por acarretar uma vida de grandes aventuras do que uma vida vazia, sem nenhum tipo de afeto, onde tudo que tu olha é cinza, vazio, onde teu dinheiro reina mas não compra a enorme felicidade que é ver o sorriso de alguém que ama?



Se apaixonar e desapaixonar, ver que a vida é bela e feita de momentos e sentimentos de felicidade e tristeza, você quer mesmo a estabilidade de uma vida neutra? onde teu dinheiro chove mas há seca de amor.


No dia que a tristeza pairar não haverá um ombro amigo que ira poder contar, não ouviras "eu te amo" que não seja da boca fora, não saberá a sensação de fazer tudo que puder para o outro, para estar ao lado do outro, passando pelo lado mais belo do paraíso e do mais profundo inferno que possa imaginar.



Passa outono, corre-se assim do inverno, pairando em plena primavera, estação do nascimento das flores, da alegria, do colorido novo e quem sabe para mim todo este colorido seja este alguém? Apenas expanda sua mente e deixe que a vida controle uma parte da sua, pois nem tudo que se acontece podemos mexer os "pauzinhos" e fazer do nosso jeito, lute pelo que se deseja, mas não insista no impermeável.



Raíssa Siqueira




Começarei agora uma das leituras mais belas
Lerei o livro sobre você, minha pequena aquarela
Lerei com calma
Sem restrições
Guardarei todas suas paixões
Assim, deixarei que viva
Quem sabe uma vida alternativa
Apenas seja receptiva
Para uma nova vida
Pois tudo que há de inovador
Traz felicidade e quem sabe remove a dor



Lerei também o capitulo que contém a saudade
Saudade do teu abraço que enrola
Da tua gargalhada que contagia
E do teu riso que consola






Qualquer coisa me liga, quando se sentir mal ou quando achar que não consegue fazer alguma coisa, quando achar que seu sonho não vai se concretizar, me liga, compartilha essa dor comigo, prometo te fazer se sentir melhor, prometo estar aqui para ouvir falar da confusão que sua vida está, prometo lhe abraçar quando precisar, eu prometo!


Que tal fazermos algo diferente? Viajar para um lugar novo? Visitar aquela trilha que comentamos esses dias? Que tal se afastar um pouco desses seus pensamentos tão negativos? Porque o que mais odeio é te ver assim e me odiarei se não conseguir modificar isso algum dia.


Deixa eu tentar te convencer que tudo na vida tem seu lado bom, deixa eu tentar fazer você enxergar a beleza que tem por trás um simples sorriso, de uma história contada, de um beijo roubado, de um suspiro e por trás de um abraço. Deixa eu dizer o que mais amo em você (que não são poucas coisas) e o que odeio que você faça, pois mesmo que eu seja tão madura e calma, ainda há coisas que me magoam e me tornam em um criança chorona, é claro que não preciso transparecer isso para você, mas é importante que você saiba.



Chega um momento
Que o silencio não é mais um tormento
Que só queremos ficar calados
Ouvindo a respiração do outro tão descompassado
Que estar perto já basta
Que saudades é um mal que devasta




Chega um momento
Que tu não consegue mais explicar o que sente
Precisa agir para não se tornar ausente
Eu e você sabemos o que é isso
Quero a frequência de um amor
Não quero dor
Quero sempre um bom dia com bom humor
E um boa noite sem temor





Ah, se eu pudesse
Se a vida que me enriquece
E que me traz a felicidade
Que ela me trouxesse a oportunidade
De nunca sentir o que é saudade
De alguém como você




Ainda que a vida fosse mais bondosa
E que me desse um perfume com cheiro de rosas
Não seria mais cheiroso que o teu cheiro
Que posso chamar de meu
Alguém que me corroeu
Mas não de dores
E sim, de amores